FANDOM


Ulan-Tan foi um Arcano polêmico, cujos ensinamentos formaram a doutrina central da facção formada por Guardiões conhecida como Simetria[1]. A tese de Ulan-Tan sobre a natureza da escuridão propõe que a Treva é uma simetria necessária para o Viajante no equilíbrio cósmico. Como a bondade do Viajante o levou a se sacrificar para deter a Treva e salvar a humanidade, a humanidade também deve devolver essa bondade ao curar o Viajante[2]. Ele também teorizou que toda a Luz é interconectada através do espaço e do tempo; Ikora Rey acreditava que esta teoria era sustentada pelo uso da Colmeia de um fragmento do Viajante para remotamente sugar a sua Luz[3]. Por razões desconhecidas, Ulan-Tan foi visto pela Vanguarda como um encrenqueiro com idéias perigosas que inspiraram muito medo. Em algum ponto, Ulan-Tan morreu e foi enterrado com um lendário anel de enterro[4].

Referências Editar

  1. Grimório: Fragmento de Fantasma: A Era da Cidade
  2. Grimório: A Treva
  3. Grimório: Câmara da Noite
  4. Descrição de item: Anel Fúnebre de Ulan-Tan

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória